Política de cookies: Utilizamos cookies propias y de terceros para mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias según sus hábitos de navegación. Si continúa navegando consideraremos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí. 

Aceptar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal
BM Cabeleireiro > Cabeleireiro > Enzimoplastia

Tratamento

Enzimoplastia, o último grito para alisar e rejuvenescer o cabelo sem químicos

Faz dois anos que a Beauty Market fez eco da taninoplastia, uma técnica que alisava o cabelo de forma natural, através de taninos. Agora o último em alisamento sem químicos é a enzimoplastia. Vamos conhecê-la melhor


28/08/2017

Enzimoplastia

Depois da revolução que supôs a queratina, chegou a taninolastia. Mais ou menos duas temporadas depois. Este tratamento natural, à base de taninos, reconstrói e hidrata o cabelo. Além disso, a taninoplastia alisa o cabelo, dando-lhe vitalidade e brilho. O tanino, com já explicámos no seu momento, é um profiterole de origem vegetal presente na crosta de algumas árvores como o carvalho e o castanheiro, as frutas não maduras, a pele da uva macerada e em alguns tipos de vinho. Este ativo natural, patenteado por Salvatore Cosméticos a nível mundial, atua na fibra capilar criando uma nova cadeia proteica. Com o calor da prancha, os taninos reagem com as proteínas de colagénio da fibra capilar e unem-nas entre si. Ao reforçar o colagénio, estes ativos alisam e hidratam o cabelo em profundidade.

Ao contrário de outros tratamentos, a taninoplastia da dita firma não contém ácido glyoxílico, formol, carbocisteína nem derivados. Portanto, é uma solução inovadora e benéfica para o profissional e o público final. Os seus princípios ativos não interferem na saúde de ambos.

A taninoplastia e a enzimoplastia são tratamentos orgânicos que cuidam e alisam o cabelo, ainda que se diferenciem nos componentes e produtos que empregam.

O uso do ácido tânico, conservante natural beneficioso para o cabelo, deu passo a outras técnicas posteriores que reparam e alisam o cabelo sem químicos. A última delas, e uma das mais avançadas, é a enzimoterapia. No salão Blow Dry Bar, de Madrid, receberam este tratamento que denominaram enzimoplastia. A diferença entre a enzimoterapia e enzimoplastia está na formulação que se emprega das enzimas, tal como explica Daniele Sigigliano, diretor criativo do salão Blow Sry Bar Madrid. "Trata-se do nosso tratamento estrela de reparação capilar ao que também chamamos de SOS Cabelo Partido. Nós utilizamos enzimas das crostas das árvores e de flores, incorporando além disso colagénio vegetal". "O colagénio é uma proteína estrutural -continua Sigigliano- que intervém no crescimento capilar e na manutenção do cabelo. O seu défice implica que o cabelo que se debilita, parta, resseque e danifique com mais frequência".

Portanto, este tratamento, sem formol nem derivados, contém ingredientes naturais como as enzimas das crostas das árvores e frutos, aminoácidos antioxidantes como a cisteína, ativos anti-idade como a alfa-lupaline (alfa lupalina) que protegem da sobre-exposição solar, vitaminas e outros minerais, tal como detalha Sigigliano.

Enzimoplastia

A chave está nas enzimas

As enzimas são moléculas proteicas que catalisam reações químicas a uma velocidade superior à habitual. As enzimas incorporam-se no ácido tânico, gerando um processo de reestruturação molecular enzimoproteica. Esta cadeia proteica ativa-se com o calor da prancha, peloq eu o cabelo fica liso e livre do crespo, e tudo isso sem empregar qualquer químico. O tratamento não danifica a fibra capilar nem altera a estrutura interna do cabelo. Este último fica são, regenerado, manejável, brilhante e sedoso. "As enzimas duplicam o efeito dos ativos e logram um resultado muito superior ao de qualquer tratamento. A diferença da queratina que aplana o cabelo, a enzimoplastia engrossa o cabelo".

O tratamento não danifica a fibra capilar nem altera a estrutura interna do cabelo. Este último fica são, regenerado, manejável, brilhante e sedoso.

A enzimoplastia mistura enzimas, ácido tânico e óleo de argano. Além disso, o equipamento do salão madrileno adiciona colagénio natural, o elixir da juventude do cabelo. Portanto, a taninoplastia e enzimoplastia são tratamentos orgânicos que cuidam e alisam o cabelo ainda que se diferenciam nos componentes e produtos que empregam. Além disso, o primeiro pode ser utilizado antes do verão; enquanto o segundo aconselha-se depois das férias, devido às suas propriedades nutritivas e hidratantes.

Enzimoplastia

Principais vantagens da enzimoplastia

  • Os componentes naturais penetram com maior rapidez graças à ação conjunta de ácido tânico e enzimas.
  • Os ativos do tratamento não afetam a saúde do profissional nem do cliente. A enzimoterapia ou enzimoplastia podem ser realizadas a mulheres grávidas e/ou em período de amamentação.
  • O tratamento pode repetir-se sempre que se deseje e a sua duração pode alcançar os seis meses.
  • Tratamento apto para todo o tipo de cabelo. Não interfere com outros serviços químicos, como madeixas ou tintas. E mais: a enzimoplastia melhora os resultados dos primeiros sobre o cabelo.
  • Ideal para cabelos castigados, encrespados, partidos, secos, porosos e difíceis de pentear. E um dos reparadores capilares mais eficazes, uma vez finalizado o verão.
  • Indicado para cabelos castigados, encrespados, partidos, secos, porosos e difíceis de pentear. O resultado é um cabelo liso, hidratado, brilhante, sedoso, resistente e manejável. Resulta idóneo para recuperar a beleza do cabelo depois do verão.
  • Ao tratar-se de um tratamento natural, não provoca picores, moléstias nem efeitos secundários.
Enzimoplastia

Passo a passo da enzimoplastia no salão Blow Dry Bar

  • Lava-se o cabelo com um champô específico que abre a cutícula com extratos de flores e plantas.
  • Seca-se o cabelo e aplica-se, mecha a mecha, o tratamento com a formulação acima especificada.
  • Deixa-se atuar durante 30 minutos, enxaguando bem o cabelo depois.
  • De seguida, seca-se o cabelo com secador e escova, seguindo a técnica empregada no salão.
  • Por último, usa-se a prancha com o propósito de ativar os ingredientes através do calor. Praticamente oito vezes por mecha.

Conselhos de manutenção em casa

A manutenção é similar ao que se emprega em todos os tratamentos desta índole, como a taninoplastia. Lavar o cabelo e aplicar máscara. Mantém-se pelo menos durante 30 minutos, proporcionando calor com um secador. Depois enxagua-se o cabelo, no caso de ir à praia ou piscina.

Mais información

  • Partilhe este artigo
  • Compartir en WhatsUp
Subscreve a newsletter da Beautymarket Informa.

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Salón Look, um evento que não podes perder.
Salón Look, um evento que não podes perder.
Procuramos distribuidores exclusivamente para zonas livres em Portugal