Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

COMO DEVE SER O TEU CABELEIREIRO

A primeira vez que entras num salão de cabeleireiro... Marketing para cabeleireiros e barbeiros

Se o teu espaço não é o que desejarias para ti mesmo no teu salão de cabeleireiro, tens um problema. Porque a primeira impressão conta e muito quando um potencial cliente entra no teu estabelecimento, decidindo se vai repetir ou nunca mais voltar


  • GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
  • Jason Hall 

    Carol Bruguera 

    Salón Lalaka 

    Mark Leeson 

    Nook 

    Easton Regal Hairdressing 

    KAM Hair 

  • x

    TÉCNICAS DE CORTE

    Todos os segredos do corte de precisão, estilos sempre perfeitos

    O corte de precisão é pura geometria. O manejo perfeito da tesoura na linha reta ou reta na vertical, para desenhos mais que perfeitos que além de personalidade própria e distintiva são muito fáceis de manter e pentear

  • x

    SOLIDARIEDADE

    Take Control Now, campanha contra o cancro da mama ghd pink

    Desde há 15 anos, a campanha anual ghd pink conseguiu arrecadar a nível global, mais de 17 milhões de euros para organizações benéficas em apoio à investigação do cancro da mama

  • x

    TÉCNICA

    5 técnicas de corte que todo o estilista deve conhecer

    Para principiantes ou não, dominar a tesoura e aplicar estilos e técnicas com um fim, permite obter a liberdade absoluta e experimentação de um corte perfeito, o que procuram as nossas clientes

  • x

    FERRAMENTAS DE PENTEADO

    A forma mais saudável o cabelo, ghd helios

    A ciência demonstrou que secar o cabelo ao ar pode causar mais dano que utilizando calor. ghd helios demonstra que é a maneira mais saudável de fazê-lo, protegendo o cabelo e preservando a sua beleza e saúde

  • x

    LANÇAMENTOS

    Proteção e cuidado capilar extremo este verão, com Treat Naturtech Sun Care

    Montibello lança esta gama de cosmética solar que proporciona um couro cabeludo são e um cabelo sedoso, brilhante e protegido da sobrexposição solar e os banhos no mar ou piscina

  • x

    NOVIDADE

    Acrílicos Italor, o teu novo básico no salão

    Para o teu salão de cabeleireiro e os teus diversos espaços, incluídos manicuras e receção, chegam os acrílicos de cristal temprado de segurança, mais seguras, estáveis e duradouras que as de metacrilato

  • concurso beautymarket.pt cabeleireiro

    CONCURSO BEAUTY MARKET CABELEIREIRO

    Beauty Market e Echosline presenteiam 6 packs de produtos Karbon 9 para regenerar os cabelos castigados

    Produtos baseados numa tecnologia purificadora e anti-stress que permite obter resultados perfeitos em serviços específicos como a descoloração e tonalização dos loiros

13/11/2019

A primeira impressão é a que conta. Não imaginas quanto!

Quantos dos teus clientes sentiram uma certa ansiedade ao entrar pela primeira vez no teu salão de cabeleireiro e encontrar um ambiente pouco agradável?
Bom, dizemos clientes quando na verdade não o são porque desde a sua primeira vista ao salão deixaram de o ser.

Quão importante é um estabelecimento acolhedor e um ar que nos inspire. A todos os níveis, equipa, pessoal, mobiliário, luz, decoração, o próprio aspeto até do cabeleireiro ou cabeleireira que se situa atrás de cada cadeira ou calha.

Está claro, ou infundes a paz, o bem-estar... felicidade e segurança, ou a primeira visita ao salão vai converter-se também na última.

Mas, como fazê-lo...

O lugar do que nunca sairíamos

Converte o teu cabeleireiro num lugar do qual nunca tu mesmo quererias sair.
O espaço no qual nos desenvolvemos, a nossa casa, o nosso trabalho, o nosso negócio... O nosso cabeleireiro, condiciona (e não duvides disso) a nossa própria vida e as nossas decisões.

Uma regra fundamental. E com um passo prévio igualmente chave, é de eleger o público ao qual desejas dirigir-te. Se te diriges ao público incorreto, este nunca será o teu cliente.

Uma vez que decides se o teu é um templo de beleza, uma barbearia Old School ou simplesmente um bonito cabeleireiro ao uso, deves adequar o espaço para que os teus potenciais clientes se sintam atraídos e queiram entrar.

Um cabeleireiro com aspeto de barbearia antiga conquistará os homens que cuidam da sua barba e do seu cabelo, habitualmente hipsters, enquanto que um cabeleireiro que predomine, por exemplo, a cor negra, exercerá a sua influência sobre outro tipo de clientes que reclamam e esperam os serviços de um cabeleireiro moderno.

Regras a respeito, há muitas, e deves consultar-te bem com os diferentes especialistas na matéria, decoradores, empresas de mobiliário, criadores de espaços... E consultar algum outro marketing, e se for possível formar-te com cursos ou aulas sobre a matéria.

Permanecer é triunfar

E aqui chegamos a como violar a ideia de absoluto bem-estar no teu salão através do próprio espaço físico, o qual não só se decora como que se reparte e incorpora variados e grandes incentivos.

O que é o meso que os tempos de espera não se convertam para o teu cliente em incómodas sensações e perceção de dia perdido ou mal gasto. A quem não se 'rouba' 15 minutos antes de ser atendido num salão?

Ainda que, efetivamente, hás de procurar que a demora a começar a pintar, cortar, pentear ou lavar seja a menor possível, e atender de modo quase automático. O ideal é a chegada e o trabalho quase simultâneo, e se é que se espera, o melhor, fazê-lo bem.

Uma regra fundamental, e com um passo prévio igualmente chave, é o de eleger o público o qual desejas dirigir-te. Se te diriges ao público incorreto, este nunca será o teu cliente.

A sala de espera cumpre aqui uma missão prioritária. Tem que ser ampla, luminosa, acolhedora... Que estimule apenas sensações positivas e prazerosas. O que melhor que uma música ambiental ligeira e acompassada para acompanhar a tua cliente, revistas e ecrãs que procurem informações de entretenimento ou de moda e tendências. Um café, um chá, umas pastas... Que delícia!

Pensa, é como gostarias que te atendessem. Se o queres para ti, faz com ele.

Até aqui chega a nossa primeira impressão. Noções básicas e que qualquer possa entender facilmente. Mas vamos ao mais complexo. Vamos entrar na ciência do marketing.

Na atualidade, o marketing é indispensável para qualquer empresa que deseje sobreviver neste mundo tão competitivo como é do cabeleireiro, submetida ainda a vaivéns externos de tal calibre como o IVA ou a competência low cost.

Como profissional a cargo de um salão de beleza ou cabeleireiro deves ter em conta algumas linhas primordiais.

O produto, sou eu, eu mesmo, a minha pessoa, a minha imagem, o meu salão bem instalado, o pessoal que tenho a cargo e sobretudo toda a minha capacidade técnica e criativa.

Se um empresário se foca só no benefício, talvez terá sorte no princípio, mas em pouco tempo o produto morrerá, porque o cliente procurará outros salões que satisfaçam melhor as suas necessidades com melhor preço e qualidade.

Para que isto não ocorra, a ciência do marketing, responde a cada pergunta.

Como conseguimos clientes e que estes perdurem?

1) COM MAIS QUALIDADE DE TRABALHO.

Preços ajustados aos nossos serviços e categoria, uma decoração correta e publicitando os nossos serviços dentro das nossas possibilidades.

Incorpora o marketing 2.0, internet, mail, etc..., a tua esfera. Hoje, é imprescindível. E não te esqueças de outras formas mais tradicionais com publicidade e folhetos, com fotos dos teus trabalhos em vídeos, revistas, diários, etc.

O 'marketing' é indispensável para qualquer empresa que deseje sobreviver neste mundo tao competitivo como é o do cabeleireiro, submetido a vaivéns externos de tal calibre como o IVA ou a concorrência 'low cost'.

2) ANALISANDO O MERCADO DE CONSUMO.

Idade, sexo, profissão... Dos nossos potenciais clientes.
Analisemos quem vive em redor do nosso negócio, que idade têm, o seu estado civil, se dispõem de tempo libre ou não e quando. Cada serviço e oferta há de se ajustar aos ditos parâmetros.

3) ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA.

Deve ter-se em conta um conhecimento detalhado à cerca de:

  • Importância da marca.
  • Linha de produtos.
  • Instalações.
  • Pessoal.
  • Volume de vendas.
  • Políticas.
  • Atividades.
  • Grau de participação no mercado total.

Para que o especialista no marketing, se te consulta, ou tu mesmo como tal, selecione os teus mercados e os torna mais rentáveis necessita conhecer bem os seguintes fatores:

  • Condicionantes da missão, satisfazer necessidades de uma forma rentável.
  • Diferenciar comprador de consumidor.
  • Entender o mercado.
  • Conhecer a concorrência.
  • Tudo isso para procurar vantagens competitivas.

4) IDENTIFICA-TE. IMAGEM DE MARCA.

Temos que nos oferecer como marca. Mas, como alcançamos então a nossa própria identidade?

Trata-se em termos de marketing da aplicação da segmentação de mercado. E selecionamos diferentes objetivos com estudos já estabelecidos quantitativamente, manejando uma definição sistematicamente dos nossos potenciais clientes.

Estes objetivos centrariam-se em:

» LINHA DE PRODUTOS.
Uma vez analisada a situação do setor e que oferece e como trabalha a concorrência, o nosso objetivo é estabelecer quais são os nossos serviços e como melhorá-los em relação à nossa concorrência, além de elevar o nível de apresentação do nosso salão, fazendo mais publicidade, melhorando a atenção ao cliente, cobrindo mais horas de atenção ao nosso negócio, fazendo com que a primeira impressão seja inesquecível...

» SERVIÇOS.
Dentro das nossas atividades como profissionais cabeleireiros, existem diferentes formas de trabalhar e agregar diferentes serviços, como tratamentos capilares, de beleza, maquilhagem... Analisa se o teu é dar forma a um gabinete de beleza que te ajude a aumentar os teus talões e satisfazer o perfil da tua cliente.

Se um empresário se foca apenas no benefício, talvez terá sorte no princípio, as em pouco tempo o produto morrerá, porque o cliente procurará outros salões que lhes satisfaçam melhor as necessidades com melhor preço e qualidade.

» LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA.
Não é o mesmo situar o teu salão numa zona comercial ou nos subúrbios, no centro da cidade ou no interior de um centro comercial, por exemplo.

Em função de onde deixas a tua imagem, a tua estratégia será diferente.

E não te esqueças, em relação a cabeleireiro, igualmente como qualquer outro negócio ou aspeto da vida, a primeira impressão conta.

A primeira impressão quando o teu potencial cliente entra pela porta do teu salão, é a soma de tudo o analisado até aqui e a sua aplicação correta. A única maneira de persuadir os teus clientes para que fiquem contigo e permaneçam.

E agora, se tens um salão de cabeleireiro ou barbearia, reflete. O que estou a fazer mal e o que estou a fazer bem? Apenas avançando consegues desvendar a incógnita.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro

 

GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
SALÓN LOOK - Look to the Future - Professionals Meetings
SALÓN LOOK - Look to the Future - Professionals Meetings
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.