Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

TENDÊNCIAS

Agora o rei é o clavicut, o corte que mais se usa porque fica bem, muito bem a todas

É o corte de cabelo de moda, que além disso, fica bem a qualquer mulher e tipo de rosto. E não apenas isso, é o que além de ficar bem, muito bem, rejuvenesce e tira anos de cima enquanto dá frescura e movimento ao cabelo


29/07/2021

O clavicut cai sobre os ombros com magistral maestria e além disso, em mãos de um especialista cabeleireiro, enfatiza as linhas dos ombros, o pescoço e as clavículas, que todos sabemos dão elegância clássica e embelezem qualquer rosto e mulher.

Leva um tempo a soar e muito, e parece desbancar a outros clássicos da tesoura, como o bob. Cada vez são mais as femininas que se decantam pelo “clavicut” que recupera para nós alguns dos anos mais gloriosos dos 80 e 90, mas com um meio cabelo algo mais longa e de esplendida queda.

Além, para cabelos longos não exige uma mudança radical, e para os curtos apenas um pequeno esforço na hora de alcançar a sua medida perfeita.

Como avisámos e deduz-se, o termo clavicut, responde ao ponto onde o cabelo cai, ou seja, a clavícula. Por isso, o seu comprimento vai depender em cada caso das dimensões de cada rosto e cada pescoço.

Clavicut, como uma deusa

Sendo a anterior a sua principal característica, a segunda e imprescindível é que igual ao clavicut não se corta com o longo igualado, como ao deixar a parte frontal mais longa que a traseira. Assim, enquanto as mechas dianteiras (os que marcam o rosto) apoiam-se sobre as clavículas, as traseiras fazem sobre a nuca conseguindo um efeito maravilhoso, sofisticado e cheio de glamour, de deusa grega do século XXI.

Por outra parte, a diferença do bob, e para não confundir-nos, este corte de cabelo caracteriza-se pelas pontas desigualadas que permitem dar mais ar ao cabelo. Precisamente é isto o que o diferencia do corte long bob, outro dos cortes reis dos últimos tempos.

Permite pela sua vez trabalhar e usar qualquer tipo de cabelo, seja fino, médio ou grosso. Todos saem a ganhar graças ao clavicut.

Em cabelos finos faz com que estes ganhem volume e textura, enquanto que nos mais grossos, ajuda a aligeirar e dar mais batida. Igualmente, seja como seja o cabelo (liso, encaracolado, ondulado, etc.) trata-se de um tipo de corte ideal para o dia a dia. Assim, no caso dos cabelos mais ondulados, trata-se da aposta perfeita para controlar o volume e a forma.

E na opinião dos estilistas: “a combinação de mechas despontadas, com a forma invertida do cabelo, somada ao longo médio próprio deste tipo de corte, permitem obter um look mais fresco e juvenil que nos resta idade”.

A cliente vai disfrutar também de uma fácil secagem, ao ar e natural, e penteado. O clavicut não necessita obrigatoriamente de secador e escova.

Agora, isso sim, a tua cliente, deverá passar periodicamente pelo salão, para manter a diferença de longos entre zonas e pontas. O único requisito de um corte tão bonito como é o clavicut, do último em tendências.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Subscreve a newsletter da Beautymarket Informa.

 

GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.