Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
BM Cabeleireiro > Cabeleireiro > Micropigmentação capilar

Artigos técnicos

Micropigmentação capilar, o efeito 'cabeça rapada' mais natural

A olho nu, esta técnica simula o nascimento do cabelo no couro cabeludo. Esta técnica é apta para qualquer pessoa, principalmente aquelas que sofrem alopecia e não se podem submeter a microenxertos e intervenções capilares semelhantes.


04/04/2024

Micropigmentación capilar

Famosos como Vin Diesel, Jamie Foxx, Matt Damon e David Beckham foram mencionados como adeptos à moda das cabeças rapadas. Este look rejuvenesce à maioria dos utilizadores que sofrem de alopecia ou qualquer outro processo de queda de cabelo irreversível. Para isso, servem-se da Micropigmentação capilar: uma técnica que injeta pigmentos sob a pele do couro cabeludo nas zonas frontal e parietal. Os pigmentos introduzem-se através de microagulhas impulsionadas de forma mecânica, pelo que se evitam incómodos e possíveis contaminações resultado da manipulação manual. Estes pigmentos escolhem-se depois de se avaliar as características, o tom de pele e o efeito desejado pelo paciente.

A Micropigmentação capilar é semelhante a uma tatuagem ainda que as pontadas sejam mais profundas (entre 0,25 e 1,75 milímetros). Em geral, o tratamento é realizado por um médico, para que este possa aplicar anestesia local se for necessário. O tratamento é indolor, unicamente se apreciarão as punções prévias da anestesia. Outra opção é aplicar lidocaína em gel e adormecer, ligeiramente, a pele do couro cabeludo dos pacientes mais sensíveis, mas relutantes à anestesia.

Este tratamento não invasivo tem outras vantagens. Por exemplo, não se precisa de nenhuma cirurgia, de nenhuma hospitalização nem de nenhum cuidado pós-operatório. Finalizada a sessão, o paciente pode retomar a sua habitual rotina. Ainda assim, recomenda-se proteger a zona com cosméticos equipados de FPS, gorros/bonés ou chapéus se for necessário.

Micropigmentación capilar

De dois a três anos de duração mínima garantida

A perda de cabelo, seja qual for a causa, pode afetar a autoestima do paciente. O cabelo exerce um papel importante na imagem e aparência da pessoa. Técnicas como a Micropigmentação capilar devem-se fornecer sob uma série de garantias, como a ausência de mudanças de cor, migrações e qualquer outro resultado indesejado.

O pontilhado capilar pode-se prolongar durante uma média de dois a três anos, sem que se apreciem variações de forma (dilatações) ou de cor. Decorrido este prazo, é difícil que a cor do pontilhado permaneça uniforme. No caso que se perda tom ou aspeto uniforme, será preciso uma sessão de manutenção que restaure os micropigmentos. No entanto, as características da pele e os pigmentos usados determinarão a maior ou menor duração da técnica.

Micropigmentación capilar

Para quem está indicada

Algumas fontes aconselham esta técnica a pessoas cuja perda de densidade capilar impede a implantação de microenxertos que poderiam danificar o cabelo existente na zona. Outras fontes recomendam-na como complemento à cirurgia. Nestes casos, aplicar-se-ia para cobrir, de um ponto de vista ótico, aquelas áreas do couro cabeludo pouco povoadas ou densas através da inserção de microenxertos.

A Micropigmentação capilar está indicada para homens e mulheres. Entre os primeiros, figuram os indivíduos com alopecia demasiado avançada que dificulta o êxito de um transplante capilar. Entre as segundas, a técnica é uma alternativa válida para dissimular áreas alopécicas, onde se aprecia menos densidade capilar. Nos homens são precisas três sessões, em média, para obter o efeito de cabeça rapada. Nas mulheres são precisas quatro sessões, em média, para luzir uma cabeça mais densa. Em função da zona a trabalhar, a sessão pode durar entre uma hora e meia e três horas.

Sem sequelas

O tratamento não costuma deixar sequelas relevantes nos pacientes. Em alguns casos, pode-se observar uma leve vermelhidão ou alguma pequena pústula que desaparece em dois ou três dias. De inicio, o pigmento observa-se mais escuro. Passadas quatro semanas, aparece a cor definitiva que se deve parecer ao tom da pele.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Forte Pro 2020L - Secador ultraligeiro, potente, eficiente

 

Forte Pro 2020L - Secador ultraligeiro, potente, eficiente
Forte Pro 2020L - Secador ultraligeiro, potente, eficiente

Anúncios de empresa

ad
Empresa de vanguarda no setor estético, com implantação internacional em mais de 40 países. Procuramos distribuidores para zonas livres em Espanha e Internacionais.
Se tens uma profissão na área da estética, temos para ti o material de desinfecção e descartáveis que tanto precisas para cuidares bem das tuas clientes. Temos também, vestuário para esteticista ou cabeleireira e calçado adequado à tua profissão.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Forte Pro 2020L - Secador ultraligeiro, potente, eficiente