Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

MARKETING

5 tipos de clientes tóxicos, como identifica-los e lidar com eles

O cliente conflituoso, denominado tóxico, não te interessa. Descrevemos-te os 5 tipos mais comuns e ajudamos-te a identifica-los assim como aconselhamos o que fazer com eles em pro do teu bem-estar económico e autoestima


08/11/2021

Ai, ai, ai… Sou eu, ele ou ela, ou estou a ficar louca(o)?

Quantas vezes te desimpacientaste-te perante um cliente devido ao comportamento estranho ou mal-educado, aguentaste mil e uma, mas finalmente rebentaste, e no fundo sentes-te culpada pela tua reação?

Imaginamos que em numerosas ocasiões, mais das desejadas, assim, enfrentaste este caso. Pois bem, seguramente a tua perceção não foi equivocada e te encontres perante um cliente tóxico, a definição que o marketing expressa perante determinados tipos de pessoas que num negócio, loja e/ou serviço mostram modos de ser e estar que saem do comum e das regras básicas da cordura e a convivência.

Vamos a poupar um pouco de luz sobre o cliente tóxico, para que saibas identifica-lo e como geri-lo para finalmente, assim, não sentir culpa nem explodir de um modo que, assim, não te convém, nem a ti, nem a niguém.

O que é um cliente tóxico

Chamamos cliente tóxico àquele que manifesta uma série de comportamentos tais como:

  • Não valorizar o teu trabalho.
  • Não querer pagar ou demorar eternamente quando chega o momento do pagamento, colocando todo o tipo de desculpas.
  • Exigir muito mais que os serviços que contratou.
  • Ser agressivo e ameaçar-te (o último!).

Um cliente tóxico, além disso, pode combinar duas ou mais destas atitudes.

Uma personalidade deste tipo, tóxica, é muito nociva, e pode fazer-te perder tempo, a paciência e a autoestima. O que de certeza que vai perturbar a tua paz, e provavelmente a tua atividade profissional ressente-se por consequência disso. Até pode afetar a tua vida pessoal, o que é ainda mais grave.

O melhor, desfazer-te dele, o cliente tóxico e perigoso. Ao fim e ao cabo a ninguém interessa este tipo de clientes, que nos perturbam, interior e exteriormente.

Tipos de clientes tóxicos e o que fazer com eles

Um cliente tóxico é aquele que atua de forma abusiva, imprudente ou queixosa, ocasionando problemas à empresa ou empregados.

Os 5 tipos principais são os seguintes:

1.- O cliente que ignora os conselhos e assessoria dado.
Muitas vezes pode ocorrer que um cliente ignora os nossos conselhos ou não está de acordo com a nossa opinião. Em princípio poderia ser normal e ter uma diferença de perspetiva, o que já não se pode permitir é que seja algo constante no tempo.

Uma personalidade deste tipo, tóxico, é muito nociva, e pode fazer-te perder tempo, a paciência e a autoestima.

Este tipo de clientes pode terminar por danificar a reputação da empresa se decide culpar-te pela sua falta de êxito. São clientes que, num momento dado, podem chegar a acusar-nos de falta de profissionalidade, melhor afastar-se deles.

2.- O cliente agressivo.
Este é outro caso em que se podem advertir sinais de problemas, presentes e futuros. Ditos clientes não procuram um produto ou serviço, como uma razão para discutir, ficar por cima ou, até, prejudicar e magoar a pessoa que tem à frente. Até se és bom profissional, o cliente agressivo encontrará algo para se queixar e mostrar fúria ao expressar-se.
Aceitar este tipo de comportamento não é benéfico para nenhuma empresa e pode acabar por lhe passar fatura como proprietário de um negócio.

3.- O cliente ao que lhe custa pagar.
Não pagam, ou tardam a fazê-lo colocando mil desculpas e dando 1000 voltas ou bem porque é o típico regateador, que os há e muitos ainda nestes tempos.
Perante uma situação deste tipo sempre é melhor tratar de cobrar os pagamentos pendentes, que de certeza te deixou mais de um e terminar a relação.

4.- O cliente exigente, esse que acredita que sabe tudo.
Este cliente está seguro de que sabe tudo sobre ti e o teu negócio e, portanto, é cético e arrogante na conversa. É quase impossível de surpreender, convencer ou influenciar emocionalmente de alguma maneira neste utilizador: é o sabe-tudo.
Custa fazer entrar em razão. Além disso, costuma ser exigente, com encarregados urgentes, de última hora ou excessivos. Não valoriza o tempo e o esforço que requerem as coisas. Por isso, também nos interessa, faz-nos perder tempo e dinheiro.

Um cliente tóxico é aquele que atua de forma abusiva, imprudente ou queixosa, ocasionando problemas à empresa ou empregados.

5.- O cliente que não sabe o quer.
Ao contrário do sabe-tudo, o indeciso nunca tem certezas de nada. Aparentemente não é uma pessoa conflituosa, mas tem o seu ponto negativo, este, é o de não saber e tirar-nos do sério.
É um tipo de cliente que nos pode roubar muito tempo e energia para nada. Acabaremos frustrados tratando de lhe explicar, aconselhar e dar-lhe mil razões para que possa tomar uma decisão e, finalmente, perder a venda, o serviço, ou perder mais tempo do conveniente proque não se decidiu por nada.

Regra geral um cliente englobado nestes 5 tipos não compensa tê-lo próximo. Tal e como já pudeste deduzir e adiantamos-te.

A um cliente tóxico, sempre é melhor dizer-lhe adeus. Sem contemplações, quanto antes, melhor.

Isso sim, tem sempre à mão, potenciais clientes que o substituem. Desta forma evitaremos perdas de todo o tipo, em tempo, esforço, dinheiro e dignidade, este último, o mais importante.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Subscreve a newsletter da Beautymarket Informa.

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.