Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
BM Estética > Estética > A glicação

Beleza e saúde

A glicação e as suas consequências adversas sobre a pele

Aquilo que comemos atua diretamente na pele, fazendo-a mais vulnerável e com mais risco de envelhecimento


27/10/2021

A glicação e as suas consequências adversas sobre a pele

Já sabemos que existem diversas causas que nos provocam o envelhecimento da epiderme. Os fatores meio-ambientais, a genética, o sol, os radicais livres, etc. e a glicação. Esta palavra, pouco conhecida, é suficientemente importante para tê-la em conta.

A glicação faz referência à reação química que se produz no organismo por causa de uma má alimentação. Concretamente, isto se sucede quando nos nutrimos de dietas ricas em açúcar, alimentos processados e comidas rápidas.

A glicação pode evitar-se para quebrar as consequências negativas que produzem sobre a pele. Principalmente baseia-se em eliminar os excessos de açúcar na dieta e alimentar-se de forma mais saudável.

O açúcar, juntamente com outras proteínas do corpo, pode chegar a afetar a pele, produzindo um envelhecimento mais acelerado. E, com a idade, as proteínas mais glicolisadsa acumulam-se na derme e destroem o colchão de apoio da pele formado pela elastina e o colagénio, tão necessários para que a pele se renove. Além disso faz com que se produza colagénio de má qualidade.

Diversos estudos científicos expuseram que a glicação e as moléculas A.G.E.'s são protagonistas do envelhecimento da pele, somado à radiação UV do sol.

Consequências da glicação

  • As fibras de colagénio e elastina ficam rígidas.
  • Destrói-se o colagénio.
  • A pele perde elasticidade.
  • A pele não se renova.
  • O envelhecimento acelera-se.
  • Aparecem rugas.
  • A pele fica menos suave e com menos brilho.
  • Produzem-se alterações ao nível do ADN.
  • Os tecidos desencaixam-se e produz flacidez cutânea.
  • Dilatação dos vasos sanguíneos.

Como evitar a glicação

Uma vez analisado o que é a glicação, esta pode evitar-se para quebrar as consequências negativas que produzem sobre a pele. Principalmente baseia-se em eliminar os excessos de açúcar na dieta e alimentar-se de forma mais saudável.

A glicação e as suas consequências adversas sobre a pele

Ter uma alimentação mais saudável

Uma alimentação equilibrada e variada é o melhor para ter uma pele radiante e também ser saudável por dentro. Neste caso, deveremos reduzir as gorduras, os alimentos processados e os açúcares (também nas bebidas e refrescos).

A nutricosmética oferece benefícios e protege-nos a pele. É boa para controlar o que comemos e para conservar a pele lisa e intacta por mais tempo.

Elegem-se alimentos antioxidantes e anti-inflamatórios, como frutas, verduras e hortaliças, peixes e carne vermelha, de vez em quando. Também são possíveis os cereais, os lácteos e alimentos ricos em fibra e com proteína de qualidade. Por isso as vitaminas, minerais e os ácidos gordos essenciais são imprescindíveis. É bom comer frutos secos, especialmente nozes, amêndoas, pistachos ou avelãs porque são gorduras monoinsaturadas e saudáveis.

O vinho é antioxidante, e portanto, em justa medida, é bom para a pele e para o organismo em geral. Podemos tomar um copo de vinho por dia. Em definitivo, aconselha-se a seguir um tipo de dieta Mediterrânica, composta pelos ingredientes vistos anteriormente, de temporada, da terra, e de proximidade.

A glicação e as suas consequências adversas sobre a pele

Formas de cozinhar

Outra maneira de evitar a glicação é cozinhar corretamente, no verão, por exemplo, podemos consumir alimentos crus e baixar o ritmo das churrascadas, ainda que sejam normais durante as festas. Também se recomenda comer alimentos a vapor, ou a fogo lento.

Nutricosmética

A nutricosmética oferece benefícios e protege-nos a pele. É boa para controlar o que comemos e para conservar a pele lisa e intacta por mais tempo.

A glicação e as suas consequências adversas sobre a pele

Protegermos-nos do sol

Os raios UV danificam a epiderme. Provocam manchas, envelhece-a e pode até desenvolver doenças sérias como o cancro da pele. A glicação, juntamente como os raios UV, podem acelerar os problemas de envelhecimento na epiderme.

Especialmente no verão, mas já durante todo o ano, é muito importante usar o protetor adequado para cada tipo de pele, e proteger-se do sol com chapéus, óculos escuros, etc.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Subscreve a newsletter da Beautymarket Informa.

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.