Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

IDEAL DE MASSAGEM

As sete regras da massagem perfeita

As sete considerações que tens de fazer ver a tua cliente para que disfrute da massagem perfeita e que tu mesmo deves observar quando a realizas


13/08/2020

Terminaste a tua massagem, sim, mas para que a experiência seja perfeita para a tua cliente, mais além da sessão, ensina-a e pratica tu mesmo sete simples regras e assegura-te que a vês regressar.

Regra um. As emoções têm que sair.
Faz saber à tua cliente que é o momento ideal para deixar de reprimir as emoções. O objetivo da massagem é o relaxamento e o bem-estar não só físico como espiritual.
Assim, o massagista deve estar livre também de qualquer tipo de sentimento negativo enquanto realiza este serviço. Aprender a torná-lo possível é vital para o êxito da massagem.

Regra dois. Já deves sabê-lo: a tua cliente não se deve levantar da marquesa durante 5 minutos.
Quando termina o tratamento é proibido levantar-se de imediato da marquesa, mínimo 5 minutos, para disfrutar do relaxamento e também para não se sentir tonta depois de tanto tempo deitada na horizontal.

Regra três. Beber um copo de água.
Recorda de oferecer sempre um copo de água, preferencialmente quente ou à temperatura, no final do tratamento. A massagem elimina as toxinas dos tecidos: músculos, órgãos, pele… Uma boa hidratação final ajudará ao corpo a eliminar as toxinas mobilizadas mais rapidamente, estimulando a função de drenagem.

Regra quatro. Evitar o duche.
Recomendado, evitar o duche até uma hora depois do tratamento. A massagem promove uma melhor circulação de energia. Ao tomar banho imediatamente corre-se o risco de obstaculizar este impulso. Assim, também temos de ter em conta que alguns óleos essenciais demoram a atravessar a barreira cutânea, pelo que é imprescindível mantê-los. A velocidade de penetração pode variar dependendo da hidratação da pele, a temperatura ambiente e o óleo vegetal utilizado. Portanto, um duche anularia alguns e importantes benefícios da massagem.

Quando terminar o tratamento é proibido levantar-se de imediato da marquesa durante 5 minutos para disfrutar do relaxamento e também para evitar tonturas depois de tanto tempo deitado na horizontal.

Regra cinco. Uma sala de descanso a ponto.
Dispor de uma sala de relaxamento, independentemente da cabina onde se realiza as massagens, é um plus. Luz ténue, música para o relaxamento, algo para ler...

Regra seis. A próxima sessão.
O teu cliente já está preparado para confirmar a sua próxima sessão antes de sair das instalações do centro. Se não é possível que este realize uma massagem todos os dias, pelo menos uma vez por semana. Não deixes passar um mês antes da sua próxima massagem.

Regra sete. Manter o relaxamento.
Ao finalizar uma massagem, o melhor é evitar o urgente e stressante, em todo o caso, participar em atividades tranquilas.

Se segues, aplicas e aconselhas estes sete passos, aparte das tuas mãos, o êxito e repetição periódica da massagem estão assegurados.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro

 

GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
ALTER EGO ITALY - Made with Kindness
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
ALTER EGO ITALY - Made with Kindness