Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

BELEZA MASCULINA

Japão lidera a mudança: homens preocupados com a sua pele

O país nipónico adianta-se no consumo e reflete como o género masculino que se preocupa com a sua pele e compra produtos cosméticos que não necessariamente atendem ao seu género, atrevendo-se até com a beleza feminina


20/11/2021

Enquanto a maioria da população masculina europeia não pensa demasiado no uso de cosmética para o cuidado, melhoria e bem-estar da sua pele e aspeto em geral, na Ásia os japoneses já lideram a mudança.

Os nativos digitais apostam no uso de cosméticos sem complexos. Concretamente e no Japão, os homens jovens que se chamam Generação X gastariam já 20% mais em cosméticos que a população total.

Cuidar da sua aparência não é uma palavra vazia para a Geração X nipónica. Nascidos entre 1995 e 2010, os menores de 25 anos, outorgam assim uma grande importância com a sua aparência física. O fenómeno não é novo, remonta uma a década segundo apontam os especialistas.

“Os homens nascidos nos finais da década de 1990 ou depois, gastam em redor de 20% mais no mês em cosméticos que a população em geral”, indicam fontes do país.

O gasto em maquilhagem entre a população masculina de 15 a 19 anos, como bases ou sombras de olhos, seria 40% superior à média de todas as idades.

'O mercado de cosméticos aumentou 11% durante os últimos cinco anos. O mercado, segundo a firma de investigação Intage, para o segmento dos homens, cresceu em 2020 uns 4% alcançando os 37,3 mil milhões de yenes apesar da pandemia'.

No geral, os japoneses desta geração foram educados no uso de produtos de beleza, fotoproteção e cuidado da pele, maioritariamente. Os homens jovens de 15 a 19 anos gastam 5.607 yenes por mês (uns 44 euros), segundo uma última pesquisa. Estes números seriam de 15 a 19% mais altas que a média da população masculina mundial.

As redes sociais, uma vez mais agente superinfluente no gesto de compra de beleza

A influência das redes sociais aqui também jogou o seu papel. Os adolescentes costumam eleger os seus produtos depois de os ver no Instagram ou Youtube, sem se preocupar com os códigos de género. Assim, o gasto em maquilhagem entre a população masculina de 15 a 19 anos, como bases ou sombras de olhos, seria uns 40% superior à média de todas as idades.

'Os ídolos masculinos populares usam maquilhagem, e há uma tendência a que as pessoas procuram nas redes sociais para aprender a copiá-lo'. As marcas estão a adaptar-se e optam por um posicionamento mais neutral em relação ao género. Algumas até homens para promover a compra de produtos de maquilhagem.

'Os homens nascidos nos finais da década de 1990 ou depois, gastam em redor 20% mais em cosméticos por mês que a população geral', indicam fontes do país.

O feito é que o nicho de produtos masculinos específicos já não é unânime. Os seus preços, mais caros muitas vezes, empurram os consumidores a procurar noutro lado, fazendo com que os consumidores mais experientes tenham começado a cruzar a barreira do género e procurar produtos femininos acessíveis.

Sem dúvida, um novo desafio para estar muito atento/a.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Recebe-a totalmente grátis todas as semanas no teu correio eletrónico!

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.