Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
BM Estética > Estética > Micropigmentação e microblading

TÉCNICAS

Micropigmentação e microblading, diferenças e semelhanças em design de sobrancelha

Revemos e colocamos na ordem as bases e atuação dos pigmentos, agulhas e canetas, que diferenciam e definem a micropigmentação e microblading no design e maquilhagem de sobrancelhas


10/01/2020

E se eu fizesse a "micro"? E se eu fizesse o microblading nas sobrancelhas? Ah, espera! Não são o mesmo? O que é isso do microblading?

Micropigmentación - microblading

Quantas vezes te perguntaram? Está claro que existe uma tendência a incluir no mesmo saco em relação ao design de sobrancelhas sobre a micorpigmentação e o microblading, quando na realidade tratam-se de duas técnicas distintas.

O que também é certo é que o mundo do pigmento entrou em cheio no setor da beleza, e a estética possui no design de sobrancelhas com estas técnicas, micropigmentação e microblading, um aliado imprescindível na hora de rentabilizar o nosso negócio e serviços.

Micropigmentación - microblading

Um pouco de história, nascimento da micropigmentação e o microblading

Apesar da finalidade primordial de ambos processos ser a mesma, dissimular a queda de pelo na zona, a micropigmentação e o microblading são técnicas com metodologia e origens diferentes e que evoluíram muito tornando sua a arte do visagismo e a camuflagem em numerosos casos, até corporais. Os pigmentos conseguem dissimular estrias, aumentar e preencher lábios e maquilhar de forma permanente os olhos no caso da micropigmentação.

A micropigmentação nasce na estética nos anos 90 em muitos centros de beleza, sendo usada não só para a zona das sobrancelhas, mas também para o desenho e maquilhagem de outras zonas faciais e corporais. O desenho da areola mamilar, nos casos de cancro da mama, um protocolo do presente, é por exemplo, uma das suas atuações mais revolucionárias.

Micropigmentación - microblading

Mais recente é o microblading, o qual, porém e curiosamente, provém de uma tatuagem japonesa conhecida como "Tebori" cuja origem remonta a mais de 3.000 anos de antiguidade.

Enquanto a comummente denominada “micro” (micropigmentação), parece tirar vantagem ao microblading porque a maioria das pessoas metem as duas técnicas no mesmo saco. Porém, o microblading ganha força e converte-se na técnica recomendada e preferida em determinados casos.

“O microblading no desenho de sobrancelhas, desperta mais de uma pergunta e interrogação, existindo um desconhecimento geral entre os clientes acerca das suas peculiaridades, mas também entre os próprios profissionais da beleza”, comentam-nos da Barcelona Beauty School. “Uma técnica nova que permite trabalhos de sobrancelhas com resultados incríveis em casos que de outra maneira possuem resolução difícil”.

Mas vejamos por partes. E assinalemos, de forma concreta as suas diferenças.

Micropigmentación - microblading

Micropigmentação vs. Microblading

Primeiro e mais importante, para a realização do microblading não precisamos da utilização de máquinas elétricas e, diferentemente de outros tratamentos de maquilhagem permanente como a micropigmentação, o desenho de cada pelo faz-se de forma individual, permitindo modificar a forma e a cor da sobrancelha, pelo que criamos com facilidade, um resultado muito mais natural e de acordo com as regras do visagismo em relação ao que cada rosto necessita, com resultados de rejuvenescimento e expressividade muito notórios.

Em segundo lugar, e em contraposição, a tatuagem ou maquilhagem criada na micropigmentação deve ser apoiado por um sombreado que outorga a grossura das sobrancelhas. É permanente, enquanto que o do microblading é semipermanente. Na hora de posicionar o pigmento na micropigmentação este vai permanecer entre a derme e epiderme, enquanto que o microblading é uma tatuagem superficial que apenas se deposita na epiderme.

Em relação à duração de cada uma, temos de ter em conta que há muitos fatores que possibilitam que o pigmento se desvaneça mais rápido ou mais lentamente: a sua qualidade, os produtos e medidas de precaução usados para o cuidado da pele depois do processo do microblading ou a micropigmentação, (medicamentos, etc.). Nem no microblading nem na micropigmentação chega a desaparecer por completo. O microblading pode durar até um ano, ano e meio, enquanto que a micropigmentação pode permanecer até dois ou três anos.

Instrumentos e agulhas utilizados

Uma das grandes diferenças entre ambas as técnicas centra-se nos instrumentos utilizados por cada uma delas.

Enquanto que na micropigmentação utilizamos um dermógrafo com uma agulha de ponta com a que desenhamos e criamos os pelos e agulhas de 2 ou 5 pontas para os sombreados de preenchimento e desenho da sobrancelha, no microblading utiliza-se uma caneta de metal, semelhante a um pequeno bisturi, no qual se insertam as agulhas ultrafinas, que permite perfilar pelo por pelo para criar a forma da sobrancelha de uma maneira muito mais natural, este “bisturi” realiza pequeníssimos cortes onde depois se deposita o pigmento.

Atualmente existem cada vez mais tratamentos com um tipo de agulhas conhecidas como agulhas ”nano” (nanoblading) ou extrafinas criadas para desenhar pelo por pelo com uma alta precisão e assim criar uma sobrancelha mais que perfeita.

Na hora de posicionar o pigmento na micropigmentação, este vai permanecer entre a derme e a epiderme, enquanto que o microblading é uma tatuagem superficial que apenas se deposita na epiderme.

Todas as agulhas e canetas utilizadas tanto no microblading como na micropigmentação têm de cumprir com os standards de sanidade da União Europeia e ser descartáveis para evitar infeções ou a transmissão de doenças.

Ao mesmo tempo que o pigmento deve ser inorgânico com base mineral pois são hipoalergénicos reduzindo o risco do implante e sem possibilidade de reações alérgicas.

Podemos encontrar diferentes tipos de agulhas que podem ser usadas para estas técnicas segundo o resultado final que procuramos. As agulhas vão desde 7 a 28 pentes, sendo cada número mais alto, de uma grossura maior.

  • As agulhas de 7 pontas usam-se em sobrancelhas finas e em tatuagens de sobrancelhas semipermanentes para desenhar pelo por pelo da forma mais nítida possível.
  • As agulhas de 12 pontas recomendam-se para tratamentos em sobrancelhas finas ou estreitas.
  • As agulhas de 14 pontas usam-se em procedimentos em sobrancelhas longas e de maior grossura já que o diâmetro da agulha é maior.
  • As agulhas de 18 pontas em forma de U usam-se em zonas curvas ou sobrancelhas grossas já que a sua forma é arqueada.
Micropigmentación - microblading

As agulhas mais finas deram lugar ao denominado nanoblading. "Ou o microblading no qual se afina ainda mais a pontaria", comenta Slow Life House.

Como vês, o mundo do pigmento dá muito que falar e que fazer. O resto é uma questão de técnica e formação certificada, e da habilidade e experiência das tuas próprias mãos, para fazer do microblading ou a micropigmentação um serviço estrela no teu centro de beleza.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Compartir en WhatsApp
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro

 

GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro
GH - GALLERY HAIR: A revista profissional de uso e consulta em Salões de Cabeleireiro