Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
BM Estética > Estética > cosmética eco-responsável

'PACKAGING' SUSTENTÁVEL

Primeira embalagem cosmético de plástico reciclado biologicamente por enzimas, novidade de L'Oréal

Este revolucionário processo bioquímico permite reciclar todo o tipo de plástico até o infinito e propõe uma alternativa à limitada reciclagem mecânica


11/08/2021

L'Oréal anuncia a produção do primeiro frasco de plástico para cosmética totalmente reciclado graças à tecnologia de reciclagem enzimática da empresa Carbios.

Além disso, vai estar disponível para a sua comercialização em 2025, de mãos de Biotherm, pioneira em cosmética eco-responsável. A marca vai converter-se assim na primeira do Grupo em comercializar um produto com esta inovadora tecnologia cuja vantagem reside em que permite processar todo o tipo de plástico PET* - opaco, translúcido, escuro, tintado, multicamada - e reciclá-lo até ao infinito, como alternativa à reciclagem mecânica.

L'Oréal - cosmética eco-responsável

L'Oréal está desde 2017 a trabalhar com Carbios, especialista no desenvolvimento de processos biotecnológicos para a reciclagem de plásticos PET, para alcançar este desenvolvimento. Para isso, L'Oréal criou um consórcio para industrializar a sua tecnologia, ao que se vai unir Nestlé Waters, PepsiCo e Suntory Beverage & Food Europe. Desde 2019, L'Oréal tomou uma participação em Carbios através do seu fundo de capital privado BOLD Business Opportunities for L'Oréal Development.

L'Oréal está desde 2017 a trabalhar com Carbios, especialista no desenvolvimento de processos biotecnológicos para a reciclagem de plásticos PET, para alcançar este desenvolvimento.

Jacques Playe, diretor de embalagem e desenvolvimento de L'Oréal, afirma: "entusiasmam-nos poder criar, com os nossos sócios, a embalagem do futuro. Trata-se de uma inovação prometedora para o futuro que ilustra o nosso compromisso de levar ao mercado embalagens mais respeitosas com o planeta e que forma parte de foco de circularidade no que levamos a trabalhar mais de 15 anos".

Pela sua parte Giulio Bergamaschi, diretor geral internacional de Biotherm assinala: "a nossa marca é pioneira na cosmética eco-responsável que colocou tanto o packaging sustentável como o desperdício de água no centro da sua estratégia. Estamos muito satisfeitos por ser a primeira marca de beleza a produzir uma garrafa totalmente reciclada graças à tecnologia inovadora de Carbios".

L'Oréal - Cosmética eco-responsable

L'Oréal For The Future, cosmética eco-responsável e mais

A iniciativa é marcada em L'Oréal For The Future, o programa de sustentabilidade do Grupo para 2030, dando novo passo a uma profunda transformação das suas atividades para alcançar uns novos e ambiciosos objetivos:

» Para 2025, 100% dos seus frascos de plástico serão preenchíveis, reutilizáveis, recicláveis ou transformáveis em composto.

» Para 2030, 100% dos plásticos utilizados nos seus frascos vão proceder de fontes recicladas ou de base biológica (vai chegar aos 50% em 2025).

» Para 2030, 100% dos ingredientes de base biológica para fórmulas e materiais de embalagem serão traçáveis e vêm de fontes sustentáveis e nenhum deles está vinculado à deflorestação.

O primeiro frasco estará disponível para a sua comercialização em 2025, pelas mãos de Biotherm, pioneira na cosmética eco-responsável.

Além de Carbios, L'Oréal trabalha com vários sócios estratégicos para se assegurar de que dispõe das melhores tecnologias, como Albéa, líder em frascos cosméticos, com quem o Grupo desenvolveu em 2019 o primeiro tubo cosmético que incorpora cartão com certificação FSC. Entre elas, também se encontra Purecylcle, para produzir polipropileno (PP) reciclado por solvólisis; e Lanza Tech e Total, com quem L'Oréal anunciou em outubro de 2020 uma premissa mundial: a produção de uma embalagem de produtos cosméticos de polietileno (PE) desenhado a partir de emissões de carbono industriais recicladas.

*PET: O plástico PET (tereftalato de polietileno) é o plástico mais reciclado. /p>

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
Recebe-a totalmente grátis todas as semanas no teu correio eletrónico!

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.