Política de Cookies: Usamos cookies próprios e de terceiros para mostrar publicidade relacionada às suas preferências de acordo com seus hábitos de navegação. Se você continuar navegando, consideraremos que você aceita seu uso. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações aqui. 

Aceitar

GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
BM Estética > Estética > Consumidores

ESTUDOS

Quase metade dos consumidores de beleza são homens

Na conversação digital geral, e segundo o recente barómetro de Rebold, os conteúdos com mais êxito são dedicados a tratamentos anti-idade (26% das menções analisadas), maquilhagem para o rosto (21,9%) e fragrâncias (21,8%)


24/11/2022

A igualdade de género e a diversidade consolidaram-se como tendências no consumo de produtos de beleza: 44% dos utilizadores são homens, segundo assinala o Barómetro das redes sociais do setor da Beleza, elaborado por Rebold. Não obstante, o consumidor maioritário (56%) continua a ser a mulher, entre os 35 e 54 anos, que vive em casal, com um nível socio-económico médio-alto e que dedica mais de duas horas e meia por dia nas redes sociais, segundo indica o estudo.

A beleza nas redes sociais

O Barómetro revela que há duas redes sociais prioritárias para o setor: Instagram, a aposta de presente, e Tik Tok, o canal emergente em que as marcas se focam num futuro próximo.

Os influencers continuam a ser elementos fundamentais que arrastam grandes quantidades de seguidores e elevados lucros de impacto.

Instagram é a rede social preferida para comunicar os conteúdos de forma segmentada: 96% das companhias analisadas contam um perfil dedicado a Beauty. Algo semelhante acontece no Facebook, onde estão presentes 76% destas firmas. Por outro lado, apenas 40% das marcas contam com perfis no Twitter para a Beleza.

Tik Tok apresenta-se como um canal que ganha um claro protagonismo. As publicações aqui multiplicam o número de interações, que podem chegar a milhões de visualizações. Assim, Clarins, Guerlain e Gucci triunfam no Tik Tok com uma média de quase meio milhão de visualizações e interações por publicação. Porém, ainda há uns 20% de marcas que não têm perfil no Tik Tok. Do outro 80% que o têm, uma quinta parte apenas publica conteúdo, ou seja, são companhias que estão presentes mas ainda não decidiram a sua estratégia.

Os melhores resultados

Na conversação digital geral, os conteúdos com mais êxito são dedicados a tratamento anti-idade (26% das menções analisadas), maquilhagem para o rosto (21,9%), fragrâncias (21,8%) e produtos labiais, em quarto lugar. A cor, a textura, os primeiros planos e o packaging são elementos vitais.

Além disso, os influencers continuam a ser elementos fundamentais que arrastam grandes quantidades de seguidores e elevados lucros de impacto.

Também não deixemos de lado as ações diferenciadoras, geralmente relacionadas com o branding de marca. Assim, as ações relativas a estabelecimentos ou responsabilidade social corporativa também alcançam uma boa notoriedade.

Menção aparte merece a recente aposta do setor pelos NFT (non fungible token), outro elemento que ajuda a vincar a ideia de exclusividade vinculada a estas marcas e os seus produtos.

 
Mais informação

  • Partilhe este artigo
  • Enviar a un amigo
  • Compartir en WhatsApp
GH Gallery Hair nº 6 - Descarrega aqui o nº 6.

 

Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.

Anúncios de empresa

Soluções para profissional de beleza produtos que são ferrementas de resultados
Oleos essenciais - Massagens - Doterra
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.
Grátis! Agora! Toda a atualidade no teu correio eletrónico de 15 em 15 dias. Subscreve.